Seja bem-vindo. Hoje é

12 de junho de 2015

NIA E CAÇA HOMICIDA APREENDEM DUAS ARMAS DE FOGO NO BAIRRO CENTENÁRIO, EM CARUARU





João disse que é o dono do revólver.

Yrakerlly assumiu ser o dono da pistola.



O revólver está com a numeração raspada.



          Com levantamento realizado pelo NIA/4º BPM (Núcleo de Inteligência do Agreste), os soldados Janailson e S. Silva da Caça Homicida-01, do 4º batalhão, prenderam no início da tarde desta quinta-feira (11), João Manuel da Silva, de 20 anos, residente na rua São Caetano, no bairro Centenário, e Yrakerlly Felix Fernandes, de 25 anos, que mora na rua Severino Diamantino, no bairro Salgado, tudo em Caruaru, e com eles apreenderam um revólver calibre 38 com a numeração raspada e seis munições intactas e uma pistola calibre 9 milímetros com 15 munições intactas.

          Os dois jovens foram presos na casa do João Manoel, onde foram encontradas as armas municiadas e eles confessaram serem os donos do armamento e alegaram que o objetivo era se protegerem, pois João Manuel, que já foi preso por posse de arma, disse que é de Altinho e tem muitos inimigos em Caruaru, por isso comprou o revólver por R$ 1 mil a um homem que ele não quis informar. Já o Yrakerlly, que já foi preso por tráfico, confessou que comprou a pistola há um mês na feira do troca-troca ao preço de R$ 4 mil para se defender, pois um homem tentou lhe matar por motivo de ciúme. Ambos são suspeitos de envolvimento em homicídios e assaltos, mas negaram as suspeitas. 

         Os dois rapazes foram apresentados no plantão da1ªDP, onde foram autuados em flagrante por posse de arma de fogo e encaminhados ao presídio de Caruaru.

Nenhum comentário:

Postar um comentário