Seja bem-vindo. Hoje é

12 de junho de 2015

MULHER É PRESA EM CARUARU COM MEDICAMENTOS ABORTIVOS E DOCUMENTOS FALSOS





A venda do Citotec é proibida em todo o Brasil.
 
Parte dos documentos estavam escondidos dentro desse rádio.


         Através de denúncias obtidas pelo serviço Disque-Denúncia Agreste (3719-4545) e levantamento realizado NIA/4º BPM (Núcleo de Inteligência do Agreste), a Polícia Militar prendeu na tarde desta quarta-feira (10) em Caruaru, Maria do Socorro Gonzaga Leite, de 56 anos, que mora na rua Aluízio de Azevedo, no bairro São Francisco.

          Os policias foram informados que a mulher era uma estelionatária e vivia aplicando golpes em Caruaru e que para praticar os delitos tinha documentos falsos. Os PMs foram à sua casa, onde fizeram uma busca minuciosa e apreenderam algumas identidades falsas espalhados pelo imóvel e dentro de um rádio encontraram outros RG´s, uma carteira funcional constando que a mulher é psicóloga e duas cartelas de Citotec, que é um comprimido abortivo e de venda proibida no Brasil.

         A acusada, que já vinha sendo investigada pela polícia, informou que há poucos dias foi ao terminal rodoviário local para buscar o rádio que a irmã lhe mandou da Austrália e não sabia que havia os documentos falsos escondidos dentro dele, mas ao ser questionada sobre os outros documentos falsos encontrados no interior de sua casa, ela não soube explicar.

          A criminosa foi apresentada no plantão da 1ª DP,  onde foi autuada em flagrante pelos crimes de Falsificação de Documento Público descrito no artigo 297 e Crime Contra a Saúde Pública, descrito no artigo 272, ambos do Código Penal Brasileiro. Ela foi recolhida à Colônia Penal Feminina de Buíque, e se condenada poderá pegar uma pena de até 21 anos de prisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário