Seja bem-vindo. Hoje é

3 de junho de 2015

COLOMBIANO É DETIDO PELA PM EM CARUARU





          
          Policiais militares do 4º Batalhão detiveram na noite desta segunda-feira(1), o colombiano Urley Vargas Claros, 36 anos, por volta das 18h30.  O estrangeiro URLEY foi apresentado na Delegacia da Polícia Federal de Caruaru pelos PMs sargento Albuquerque e soldados João Neto e Josemir(Malhas da Lei), além do sargento do NIA (Núcleo de Inteligência do Agreste), na Delegacia de Polícia Federal, no intuito de ser verificado a situação dele no país, diante das contradições de suas declarações. Assim, os policiais federais realizaram consultas ao sistema detectando que, apesar de URLEY está regular no país, ele estava na companhia do sobrinho adolescente, também de origem colombiana, e que não estava regular, pois não tinha a permissão de ingresso no país.

            De posse desta informação, os policiais federais entrevistaram o estrangeiro, que disse ter saído de São Paulo/SP com destino a Manaus/AM, com a finalidade de embarcar o jovem de volta à Colômbia, não informando ao certo o porquê de estar nesta cidade. Diante das contradições, foi solicitado acesso ao conteúdo do aparelho celular de URLEY, que franqueou o acesso aos dados de seu telefone móvel.  

          Exame simples de acesso ao celular ficou constatada conversas dele com adolescentes, de conotação sexual, bem como diversas imagens de pornografia infantil, enviadas e recebidas por URLEY. Diante destes fatos e o aspecto das fotografias compartilhadas, foi dada voz de prisão a URLEY VARGAS CLAROS. Ele confessou que já foi preso na cidade de Pouso Alegre/MG pelo crime de estelionato.

                 A ação teve seu desfecho final quando os policiais, com autorização do preso, fizeram buscas no apartamento onde URLEY esteve hospedado nos últimos três dias. No local foi encontrado apenas um celular (Iphone5) que estava desligado e sem possibilidade de acesso em face da ausência de carga. Outros dois celulares foram apreendidos no local para averiguação.
 
                Terminado os trabalhos de investigação preliminar, foi dada continuidade ao flagrante na Delegacia de Polícia Federal em Caruaru/PE, onde URLEY VARGAS CLAROS foi autuado pela prática contida no Art. 241-B (pornografia infantil), da Lei n.º 8.069/90 -Estatuto da Criança e adolescente (por possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente). Caso seja condenado poderá pegar uma pena de um a quatro anos.

                        Em seu interrogatório, Urley disse desconhecer a ilicitude de seu ato de possuir ou armazenar conteúdo de pornografia infantil e negou qualquer tipo de relação sexual com crianças ou adolescentes. Foi arbitrado fiança ao acusado, que pagou e terá três dias para deixar o país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário