Seja bem-vindo. Hoje é

13 de fevereiro de 2015

EX-PRESIDIÁRIO QUE TENTOU MATAR DESAFETO E CONFESSOU DOIS HOMICÍDIOS ACABA PRESO PELA PM



Cláudio confessou o crime.

Ele foi preso em casa.

          Na noite da última terça-feira (10), foi alvejado com seis tiros na rua Sergipe, no bairro Centenário, em Caruaru, Cleyton Herbert Silva, de 27 anos, que está internado no Hospital Regional do Agreste (HRA). Na tarde de quarta-feira (11), o NIA (Núcleo de Inteligência do Agreste), recebeu a informação do paradeiro do acusado e acionou os soldados Wandilson, Pereira e J. Neto da ROCAM, do 4º BPM, que prenderam Cláudio Mascena da Silva Junior, de 21 anos, que mora na Avenida Bernardo Vieira de Melo, no bairro Vassoural, local da prisão.
Cleyton Herbert continua internado no HRA


          Ao contrário da versão de familiares da vítima, de que ele teria sido baleado por engano ao ser confundido com um suposto amante da esposa do acusado, que já foi preso por homicídio. Ele disse aos policiais que tentou matar a vítima porque ela é envolvida com o tráfico e isso tem atrapalhado os seus “negócios” e que ficou chateado pelo fato dela não ter morrido, mas isso é questão de tempo e que não vai se contentar enquanto não terminar o serviço. Em relação a arma usada no crime, ele disse tê-la escondido num matagal no Monte Bom Jesus, mas não foi encontrada.

Soldado J. Neto.
          O soldado J. Neto, disse que o acusado confessou abertamente, inclusive alegando ser traficante, e que o crime teria sido um confronto motivado por disputa de ponto de venda de droga e que Cleyton Herbert estava lhe procurando para matá-lo.


Emerson foi morto dentro de uma vidraçaria.

          Ele foi apresentado na Delegacia de Homicídios, onde após confessar abertamente o atentado, foi autuado em flagrante pela tentativa de homicídio e indiciado por dois homicídios ocorridos no mês passado em Caruaru.


Jeferson foi morto no bairro Santa Rosa


          As vítimas que Cláudio teria matado, segundo apuração, são: Jeferson José dos Santos Bezerra, de 27 anos, assassinado no bairro Santa Rosa, no dia 28, e Emerson Florêncio da Silva, vulgo “Neném”, de 27 anos, morto dentro de uma vidraçaria no dia 30, no bairro Vassoural. Ambos eram ex-presidiários e foram mortos a tiros.

         O acusado foi recolhido à Penitenciária Juiz Plácido de Souza, em Caruaru.

Nenhum comentário:

Postar um comentário