Seja bem-vindo. Hoje é

31 de maio de 2014

CAÇA HOMICIDA É RELANÇADA NO 4º BPM






          A eficiência operacional do 4º BPM, com sede em Caruaru, se reflete em números, pois é a unidade da PMPE que responde pelos melhores resultados estatísticos de prisão, apreensão de armas e drogas. E um dos destaques desse rendimento é a equipe especializada denominada Caça Homicida, que retornou ao nome de batismo nesta sexta-feira(30), depois de passar certo tempo com o nome de Grupo Operacional de Prevenção a Homicídios(GOPH).

       Os integrantes da equipe foram selecionados através do perfil operacional que apresentam, sendo capacitados recentemente em estágio de Progressão em Área de Risco, realizado no próprio 4º BPM. Os PMs da equipe serão caracterizados com camisa e boné na cor preta, além de um braçal com a referência ao grupo especializado. Subordinado à 2ª companhia do Batalhão, cujo comandante é o capitão Edmilson Silva, a equipe tem à frente o sargento Álvaro.

         A missão atual da equipe é dar vazão a demanda de informações que chegam do Disque Denúncia Agreste e também do Núcleo de Inteligência do Agreste(NIA), visando um combate ao crime com melhor direcionamento.

         Criada em outubro de 2010, com o objetivo de focar o combate aos crimes contra a vida, sem no entanto esquecer dos demais delitos que possam comprometer as metas do Pacto pela Vida, programa do governo do Estado que vem reduzindo os homicídios em Pernambuco. A primeira equipe foi formada pelos soldados Cardoso, João Santana e Luiz Marques, sendo assim "a pioneira".  E para melhor caracterizar o grupo foi criado o braçal em março de 2011. Pouco mais de um ano depois, abril de 2012, foi criada a versão da CH sobre duas rodas, dando uma nova dinâmica ao serviço graças a mobilidade das motocicletas.

     O sargento Álvaro comanda a equipe

Nenhum comentário:

Postar um comentário