Seja bem-vindo. Hoje é

23 de dezembro de 2013

POLICIAIS MILITARES DO 4º BATALHÃO PRENDEM HOMICIDA LOGO APÓS O CRIME EM CARUARU







               Por volta das 5h30 da manhã do domingo (21), policiais militares do 4º BPM  prenderam um homem acusado de esfaquear três pessoas no Centro de Caruaru. Duas delas foram golpeadas na esquina da Avenida Cleto Campelo com a rua Silvino Macedo, conhecida como “Rua da Má Fama”, por trás da Estação Ferroviária. Joalysson Rodrigo Cordeiro da Silva, de 19 anos, que morava na rua Santa Isabel, no bairro Caiucá e Benilton da Silva, de 20 anos, residente na Avenida Caiucá. Já em frente ao Banco do Brasil, foi esfaqueado o carroceiro José Carlos da Silva, de 32 anos, morador da rua Padre Anchieta, no Centro, que guiava um carrinho de mão e estava indo pegar frete na feirinha do bairro Salgado. 

          Joalysson foi esfaqueado no peito esquerdo e Benilton foi atingido no braço direito, enquanto que José Carlos, foi esfaqueado no peito esquerdo. O Samu socorreu todos eles e os levou para o Hospital Regional do Agreste (HRA), onde Joalysson já chegou sem vida. Benilton, foi suturado e liberado e José Carlos permanece em observação.

           De posse das informações obtidas no local, como as características do acusado, os soldados do 4º BPM Aldo Mota e Paulo Lucena fizeram várias diligências no Centro da cidade e conseguiram localizar o jovem Igor Renan Ribeiro de Oliveira, de 19 anos, residente na rua do Vassoural. Ele estava com o casaco manchado de sangue e na cintura foi encontrada uma faca-peixeira também suja de sangue.

          Apesar das evidências, Igor Renan, que informou estar no local do crime, negou a autoria do homicídio e das duas tentativas. Ele também é suspeito de participação na morte do médico alagoano, assassinado após deixar a “Rua da Má Fama”.  O homicida foi autuado em flagrante na Delegacia Regional de Caruaru.

Nenhum comentário:

Postar um comentário