Seja bem-vindo. Hoje é

2 de abril de 2013

POLICIAIS MILITARES DÃO PREJUÍZO DE MAIS DE 17 MIL AO TRÁFICO

A droga renderia, se fracionada, cerca de 1.720 pedras

Rosana

Ivanildo

Anderson


Equipe Malhas da Lei, que atuou com o NIA,
 apresentou os traficantes na DP




       Quatro pessoas foram detidas na tarde desta segunda-feira (1), após ação informativa de PMs do Núcleo de Inteligência do Agreste (NIA/PM) em parceria com a Malhas da Lei Caruaru, em razão de tráfico de drogas, sendo apreendido quase meio-quilo de crack.

        Na ação foram detidos Anderson Antônio da Silva, 19 anos, morador do bairro Divinópolis, Ivanildo José Ferreira, 20 anos, do bairro São Francisco, e Rosana Maria da Silva, de 24 anos, também do São Francisco, além de uma menor de 17 anos. Com o grupo foi apreendido 430 gramas de crack e R$ 80,00 em espécie, além de uma moto Honda Fan CG 150 preta, de placa PEZ-8227 de Caruaru, que era utilizada para a distribuição da droga.

       Anderson foi flagrado com uma pedra de crack pesando cinco gramas, escondida no capacete, que foi entregue por Ivanildo e a partir deles os policiais chegaram até as duas mulheres e localizaram a droga escondida em um terreno baldio.

       Os PMs informaram que foi montada uma campana e que foi observada a forma de atuação da quadrilha, além de determinarem o papel de cada membro no tráfico. Rosana era a dona da droga e tinha a ajuda da adolescente no comércio que funcionava no atacado, vendendo pedras de 50 gramas por R$ 1 mil cada. Ivanildo fazia o intercâmbio entre a traficante maior e outros traficantes, enquanto que Anderson era o responsável para fazer a entrega da droga em sua motocicleta que foi apreendida.

       Por pouco os PMs não conseguiram apreender mais droga, pois a Rosana confessou que havia adquirido um quilo do entorpecente na semana passada e que já o teria vendido. Ela ainda informou que adquiria a droga de um homem do Recife, em sistema de consignação, mas não quis informar o nome  do fornecedor.

       Os quatro acusados foram apresentados no plantão da Delegacia Regional. Segundo estimativa oficial, a droga fracionada renderia 1.720 pedras e daria um apurado de R$ 17,2 mil aos traficantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário