Seja bem-vindo. Hoje é

6 de outubro de 2012

4º BPM PRONTO PARA GARANTIR AS ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2012 EM 15 MUNICÍPIOS DO AGRESTE

       

            Neste domingo (7), o 4º BPM estará pondo em prática o ponto alto do seu planejamento para as eleições municipais 2012, com o emprego maciço de seu efetivo, além do complemento com a hipoteca de policiais oriundos de unidades do Recife. São três meses de trabalhos dedicados visando o pleito eleitoral deste domingo, tendo o 4º Batalhão a abrangência de 15 municípios da região Agreste (Riacho das Almas, Agrestina, Ibirajuba, Lagoa dos Gatos, Panelas, Altinho, Cupira, Jurema, Bezerros, Sairé, Camocim de São Félix, Barra de Guabiraba, São Joaquim do Monte e Bonito), entre os quais Caruaru, com status de metrópole regional.

        Os meses que antecederam o dia da eleição foram marcados por inúmeras reuniões com a Justiça e Promotoria Eleitoral das mais diversas cidades, onde se reuniu candidatos e lideranças das diversas coligações, estabelecendo-se acordos celebrados através de Termos de Ajuste de Conduta (TAC) objetivando prevenir os atritos e acirramentos das disputas durante a campanha. Concomitantemente a essa ação preventiva, criou-se as equipes da “Força Tarefa”, designadas para agir onde ocorressem registros de incidentes que pudessem repercutir negativamente para a preservação da ordem nos diversos municípios. Foi assim que fatos pontuais foram cessados de imediato com a ação imediata desse recurso policial.

Policiais militares recebem orientações no Recife antes
 do embarque para o interior do Estado

        O comandante do 4º BPM, tenente-coronel Givanildo dos Santos, se reuniu inúmeras vezes com candidatos e lideranças de campanha em diversos municípios, objetivando encontrar soluções para os impasses surgidos no período, sempre no entrosamento com a Justiça e Promotoria Eleitoral.

        No dia “D” da eleição, o esquema policial irá contemplar os locais de votação com policiamento a pé e apoio motorizado, inclusive nas áreas rurais, buscando a imediata intervenção nos fatos que comprometam a ordem ou que se caracterizem como crime eleitoral. Todo município terá um Oficial no comandamento das ações policiais, que estará em contato constante com o Juiz e Promotor eleitoral do respectivo local. Em Caruaru, um posto de comando integrado será montado na faculdade Asces, no bairro Universitário, onde irão atuar as polícias militar, civil e federal, além de juízes e promotores eleitorais, e para onde seguirão as ocorrências relacionadas a crimes eleitorais.

Força Tarefa: apoio imediato em caso de perturbação da ordem

        O trabalho não se encerra com o fim da votação, pois haverá a escolta das urnas para os respectivos locais de apuração, assim como a cobertura das possíveis manifestações festivas dos vencedores do pleito. Em Caruaru, a avenida Agamenon Magalhães, principal via da cidade, será interditada a partir das 13h, e será feito um controle de fluxo pela PM e órgão municipal de trânsito, sendo liberado apenas o trânsito pelas vias que cortam a avenida.



 CONFIRA ABAIXO ALGUMAS PROIBIÇÕES NO DIA DA ELEIÇÃO     

Distribuição de materiais — A distribuição de panfletos ou brindes (camisetas, bonés, chaveiros, canetas) contendo propaganda eleitoral é proibida no dia da votação                    . 

Uso individual de broches, bandeiras ou adesivos — O uso de broches, bandeiras ou adesivos que constituam manifestação silenciosa da preferência do eleitor é permitido. No entanto, é proibida a aglomeração pública de pessoas com vestuário padronizado                       . 

Boca de urna — Boca de urna, além de proibido, é crime e pode resultar em prisão. Quem flagrar alguém fazendo boca de urna deve comunicar por meio do fone 190                                              .
Propaganda em veículos de transporte público — É proibida a veiculação de propaganda em veículos de transporte público, desde ônibus até táxis e lotação, por se tratarem de serviços que dependem de cessão do poder público. 

Comícios e carreatas — Estão proibidos no dia do pleito. A realização constitui crime punível com prisão e multa                      . 

Uso de aparelhagem de som — É proibido o uso de alto-falantes e aparelhagem de som no dia do pleito                                . 

Bebida alcoólica — A Portaria da SDS prevê a proibição do consumo de bebidas alcoólicas no período compreendido entre às 6h e 18h deste domingo (7)                                             . 

Votar por outra pessoa — É crime e pode resultar em até três anos de prisão. 
Uso de celular na cabine eleitoral — É proibido o uso na cabine eleitoral de telefones celulares ou qualquer outro tipo de equipamento tecnológico que possa comprometer o sigilo do voto, como máquinas fotográficas e filmadoras.    

Nenhum comentário:

Postar um comentário