Seja bem-vindo. Hoje é

7 de fevereiro de 2012

POLICIAIS DO 4º BPM DESATIVAM DISQUE COCAÍNA EM CARUARU E APREENDEM MAIS DE MEIO QUILO DA DROGA


Muita cocaína e dinheiro foi apreendido na operação policial

                  Após diligências investigativas do Núcleo de Inteligência do Agreste (NIA), na noite desta segunda-feira (06), policiais militares do 4º BPM integrantes da Rocam desativaram um serviço de entrega de droga, conhecido como disque cocaína, e apreenderam mais de meio quilo do entorpecente e vários objetos, além da prisão do responsável pelo tráfico.
                   O trabalho de levantamento levou os policiais até a rua Porto Alegre, no Centro de Caruaru, onde um homem faria a entrega do pedido de cocaína a um usuário. Com as características do traficante, os policiais interceptaram Rafael Buriti Santos, 26 anos, que tinha no bolso uma trouxinha de cocaína e a quantia de R$ 680,00, que já tinha apurado com o comércio ilegal. Em seguida, identificaram o veículo utilizado nas entregas, um Celta de cor prata, placa HLX 3305, que estava estacionado próximo ao local. No veículo, os policiais encontraram mais três trouxinhas de cocaína.
                   Na sequência, os policiais foram até o bairro Severino Afonso, onde foi encontrado o restante da droga, que totalizou ao final 515 gramas de cocaína. Também foram apreendidos no endereço do acusado uma TV LCD de 40 polegadas, outra TV de 29 polegadas, três celulares, uma balança de precisão, um DVD Player, uma CPU, R$ 21,70 em moedas e diversos comprovantes de depósitos.
                   Rafael Buriti vendia cada trouxa de cocaína ao custo de R$ 50,00, e de acordo com estimativas não oficiais, só os 500 gramas do entorpecente teria custado em média R$ 4 mil.

                   O traficante, que é natural de São Paulo e já foi preso naquela cidade por assalto a banco, foi apresentado na delegacia regional de Caruaru.



O Celta era utilizado no serviço de entrega do disque cocaína





Os comprovantes de depósitos dão uma ideia do lucro


Postado às 01h43, por Cap PM Edmilson

Nenhum comentário:

Postar um comentário